A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Viena: Uma sala de raiva para partir tudo antes de ir ao teatro

Viena: Uma sala de raiva para partir tudo antes de ir ao teatro
Direitos de autor
AFP
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Destruir tudo o que se encontra pela frente é o conceito das rage rooms - as salas de raiva - que vão nascendo pelas principais cidades do mundo.

A última abriu em Viena, foi instalada pelo Volkstheater na Praça dos Museus, para coexistir com a peça "The Merovingians" ou "The Total Family", baseada no romance de Heimito von Doderer, que estreia a 11 de setembro.

A responsável pela instalação, Enna Zagorac, do Volkstheater explica o conceito: "As pessoas podem simplesmente vir aqui, inscrever-se e entrar e existem objetos, como pratos, loiças ou computadores antigos, e podem destruir tudo o que estiver no seu caminho ".

A instalação, aberta das 16 às 20 horas, que pode ser utilizada durante cinco minutos por cada pessoa, está em sintonia com as personagens da peça, muitas delas irascíveis e em espiral destrutiva.

"Felizmente que algumas pessoas passam por aqui e descarregam a raiva e depois chegam ao espetáculo bastante relaxadas", brinca Enna.

Aqui em Viena trata-se de uma instalação provisória. Mas em Lisboa, por exemplo, pode até escolher o que vai destruir. Pode sair um pouco caro mas, mesmo isso, pode ser uma boa razão para partir a loiça toda.