EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

General Motors em greve nos EUA

General Motors em greve nos EUA
Direitos de autor REUTERS/Rebecca Cook
Direitos de autor REUTERS/Rebecca Cook
De  Luis Guita
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Dezenas de milhares de trabalhadores da General Motors estão em greve nos Estados Unidos. É a primeira paralização nacional na GM em 12 anos.

PUBLICIDADE

Aproximadamente 49.000 trabalhadores da General Motors nos EUA estão em greve, depois de as negociações sobre os contratos de trabalho chegaram a um impasse.

É a primeira greve nacional na GM em 12 anos.

Uma decisão que os líderes sindicais dizem não ter sido tomada de ânimo leve.

"Defendemos salários justos. Defendemos assistência médica de qualidade a preços acessíveis. Defendemos a nossa parte dos lucros. Defendemos a segurança no emprego para os nossos membros e suas famílias," afirmou o vice-presidente do sindicato UAW, Terry Dittes.

O Presidente dos EUA, Donald Trump, incentivou os dois lados a chegarem a um acordo.

A GM diz que a oferta que fez ao sindicato UAW, durante as negociações, é mais do que generosa, inclui mais empregos e aumentos salariais.

O sindicato luta para impedir que a GM feche as fábricas no Ohio e Michigan e argumenta que, depois de anos de lucros recorde para a GM na América do Norte, os trabalhadores merecem salários mais altos.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Biden apoia o filho após condenação, mesmo sem indulto. "Estamos orgulhosos do homem que ele é hoje"

Biden chama nações "xenófobas" à Índia e Japão

EUA: estudantes universitários são presos por protestos pró-palestinos