A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

10 anos de "Masha e o Urso"

10 anos de "Masha e o Urso"
Direitos de autor
Animaccord
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Os desenhos animados "Masha e o Urso" vão saltar das televisões para as telas dos cinemas, no Reino Unido.

As salas de cinemas britânicas vão passar os últimos episódios da última temporada desta séria animada russa, para celebrar o 10° aniversário.

"Masha e o Urso" transformou-se num fenómeno mundial, tendo sido traduzida para 36 línguas e está presente em mais de uma centena de países, sendo distribuído por plataformas digitais como a Netflix, a NBCUniversal, e Sony Pictures Television, entre outras.

"Fomos um dos pioneiros entre as propriedades infantis a ter uma parceria com a Netflix, uma parceria multi-continental, por isso o nosso foco em termos de media tem sido, realmente, concentrado em plataformas digitais", conta o presidente executivo da Animaccord, Vladimir Gorbulya.

Segundo a produtora Animaccord, além das antigas repúblicas soviéticas, "Masha e o Urso" é extremamente popular em países como Itália, França, Brasil, México e países do Médio Oriente e Sudeste Asiático. As próximas apostas serão nos mercados chinês e japonês.

A realizadora, Natalia Malgina, explica a razão deste êxito.

"Acabou por ser uma imagem de interação entre adultos e crianças, creio que é por isso que é tão popular em todo o mundo, porque qualquer adulto e qualquer criança pode entender isso. É, também, uma pantomima... Tem poucas palavras, muita ação... É percetível sem tradução".

A série "Masha e o Urso" entrou para o Livro de Recordes do Guinness, em 2018, como a série de "desenhos animados para a família" mais vista no YouTube.

As várias versões do episódio "Receita para o desastre", por exemplo, tiveram mais de três mil milhões de visualizações.