EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Homicídios ligados ao narcotráfico abalam Holanda

Homicídios ligados ao narcotráfico abalam Holanda
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Um advogado ligado ao julgamento de um grupo de narcotraficantes foi assassinado em Amesterdão.

PUBLICIDADE

O assassinato de um homem, esta quarta-feira, na Holanda, está a espalhar o medo no país.

Derk Wiersum, 44 anos, era advogado e foi atingido na cabeça por disparos, em Amesterdão. Estava responsável pela defesa de uma testemunha-chave num julgamento de um grupo de narcotraficantes, conhecido como o julgamento "Marengo".

O suspeito do homicídio, de acordo com a polícia, "é relativamente jovem, entre os 16 e os 20 anos, usava uma camisola com capuz negro e fugiu a pé depois do crime".

O crime sem precedentes já levou à proteção de emergência de advogados e procuradores envolvidos em casos relacionados com o mundo da droga.

Polícia e comunicação social acusam o governo de estar a tornar a Holanda num "narco-Estado".

Wiersum trabalhava no julgamento de 16 traficantes suspeitos de terem assassinado cúmplices por colaborar com a polícia.

O grupo era presumivelmente liderado por Ridouan Taghi, um criminoso de dupla nacionalidade marroquina e holandesa entre os mais procurados pela Europol. Uma pista que leve à sua detenção pode ser recompensada até 100 mil euros.

Esta quarta-feira foi ainda marcada por outro assassinato. Dois suspeitos terão disparados sobre o futebolista Kelvin Maynard quando se encontrava dentro do carro. No entanto, a polícia acredita não haver ligação entre os dois homicídios.

O crime realizado por quadrilhas, dizem os investigadores, tem-se vindo a desenvolver na Holanda há alguns anos, sobretudo em algumas partes do país, onde o narcotráfico está infiltrado.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Polícia britânica faz buscas na Irlanda do Norte

Bar temático em Paris suscita controvérsia

Trump quer pena de morte para traficantes de drogas