Última hora

GP de Judo de Tashkent: O homem dos dois segundos

GP de Judo de Tashkent: O homem dos dois segundos
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Na segunda jornada do Grande Prémio de Judo de Tashkent, a nação anfitriã reinou suprema.

No combate da segunda ronda em -81kg entre Sharofiddin Boltaboev e o chinês Rigaqi Nai, o uzbeque estabeleceu um novo recorde do Ippon mais rápido alcançado numa prova da Federação Internacional de Judo.

O Ippon foi marcado ao fim de apenas 2 segundos, menos tempo do que o necessário para vestir o kimono ou mesmo entrar no tatami. Boltaboev executou um Tai Otoshi monumental, que projectou sem piedade o adversário, apanhou o público de surpresa e atordoou o cronómetro, que parou com um segundo de atraso.

Depois do primeiro feito, Boltaboev continuou inabalável rumo ao triunfo, vencendo na final o seu compatriota Kamoliddin Rasulov e conquistando a sua primeira medalha de ouro no circuito mundial de judo.

Os judocas Sharofiddin Boltaboev e Kamoliddin Rasulov na final

O presidente da Federação de Judo do Uzbequistão, Azizjon Kamilov, entregou a medalha ao judoca.

Sharofiddin Boltaboev
"Queria de facto vencer o Grande Prémio de Tashkent. Quando venci o combate dos dois segundos, tive um pressentimento que hoje ía vencer."
Sharofiddin Boltaboev

O dia trouxe mais momentos inesquecíveis para o Uzbequistão.

Em -73kg, o judoca Khikmatillokh Turaev conquistou o segundo título para o seu país ao derrotar Behruzi Khojazoda, do Tajiquistão, numa final que mais parecia um filme com um longo enredo.

Khojazoda marcou primeiro e ficou na vantagem até ao último segundo do combate. Mas no ponto de ouro Turaev ganhou finalmente ímpeto para vencer, tendo sido aplaudido de pé pelos fãs na assistência.

O Vice-Ministro de Educação Física e Desporto da República do Uzbequistão, Oybek Kosimov, condecorou o judoca.

A Nossa Mulher do Dia

Kathrin Unterwurzacher revelou-se a nossa Mulher do Dia. Na final de -63kg, a austríaca derrotou a venezuelana Anriquelis Barrios com um soberbo Osaekomi.

Kathrin Unterwurzacher e Anriquelis Barrios

Na sétima edição da prova, a judoca conquistou a sua sétima medalha de ouro num Grande Prémio.

Kathrin Unterwurzacher
"Este é agora o meu país preferido, porque sempre que cá venho, recebo uma medalha. Gosto muito do público e da organização."
Kathrin Unterwurzacher

Ouro para a Grécia

A grega Elisavet Teltsidou gorou os planos de Gulnoza Matniyazova para mais uma medalha para o Uzbequistão, reivindicando a medalha em -70kg.

Duas medalhas de ouro, duas de prata e o Ippon mais rápido de todos os tempos na prova. Para o Uzbequistão, o dia fica para a história.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.