A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Tensão no congresso dos tories em Manchester

Tensão no congresso dos tories em Manchester
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Ambiente tenso no congresso dos tories. O centro de Manchester, no norte de Inglaterra, está debaixo de uma enorme operação de segurança devido a esta conferência anual do Partido Conservador. Milhares de pessoas saíram às ruas e trouxeram um Boris Johnson insuflável - que é o alvo de todas as críticas.

Mas Johnson não baixa a guarda e, em entrevista à BBC, promete um Brexit a todo o custo.

"Acredito que é minha responsabilidade e acho que o nosso trabalho é concluir o Brexit a 31 de outubro, para mudar o país. Não vamos permitir que o Reino Unido fique preso na proposta existente, em nenhuma circunstância. Os acordos que garantem a retenção na estrutura tarifária europeia, na União Aduaneira, e mercado único, sem uma palavra a dizer sobre esses acordos. Temos que nos livrar do chamado "backstop".
Boris Johnson

É de esperar uma intensa atividade nas ruas contra as políticas dos tories, devido à organização conjunta das associações com a "March for Change" e "Manchester for Europe".

Em pleno caos político no Reino Unido a divisão prevalece em torno da saída do país da União Europeia.

Apesar da oposição do parlamento a uma saída sem acordo, Boris Johnson trava uma guerra aberta com os deputados pelo Brexit e conta com o apoio do seu partido nestes quatro dias de congresso.