Última hora

Jornada de confrontos em Hong Kong

Jornada de confrontos em Hong Kong
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Indiferentes à proibição de novas manifestações, milhares de pessoas voltaram a sair, este domingo, às ruas de Hong Kong em protesto contra Pequim.

As manifestações antigovernamentais começaram de forma pacífica, com muitas pessoas a utilizar guarda-chuvas para proteger o rosto, mas depressa degeneraram em confrontos com a polícia, que recorreu ao gás lacrimogéneo e aos canhões de água.

Várias lojas, bancos chineses e estações de metro foram alvo da multidão em fúria que mostrou que o movimento está longe de esmorecer.

Desde que os protestos começaram a polícia já deteve mais de 2300 pessoas e contabilizaram-se milhares de feridos.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.