Última hora

Violência abranda e Catalunha vive uma noite de protestos mais calma

Violência abranda e Catalunha vive uma noite de protestos mais calma
Direitos de autor
Reuters
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A Catalunha viveu a noite mais tranquila desta semana, ao registar apenas seis feridos ligeiros nos distúrbios entre manifestantes e forças de segurança.

Foi o sexto dia consecutivo de protesto contra as condenações dos dirigentes independentistas. Depois das cenas de violência de sexta-feira, a polícia estava em alerta máximo e reforçou o dispositivo.

Por outro lado, a presença de grupos pacifistas 'aliviou' o clima, ao conseguir formar um cordão de segurança entre manifestantes e as autoridades, registando-se somente alguns momentos de tensão na praça Urquinaona, epicentro da batalha campal de sexta-feira.

Apesar desta jornada menos violenta, continua a não haver uma solução política à vista entre a Catalunha e o governo de Madrid.

A capital espanhola foi até o palco de uma marcha separatista com cerca de 4.000 pessoas, organizada por mais de uma dezena de grupos de esquerda, que exigia a libertação dos presos políticos catalães.

Mais tarde, uma centena de manifestantes tentou cortar a avenida Gran Via e as autoridades fizeram uma carga.

Pelo menos 26 pessoas acabaram por sair feridas dos confrontos, entre elas 11 polícias.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.