Última hora
This content is not available in your region

Croácia pode entrar no espaço Schengen

Croácia pode entrar no espaço Schengen
Tamanho do texto Aa Aa

Membro da União Europeia há seis anos, a Croácia recebeu "luz verde" da Comissão Europeia para ser membro do espaço Schengen de livre circulação.

"É uma área de liberdades e privilégios, mas também com grandes responsabilidades. Entrar neste clube não é algo que consideramos levianamente", disse o comissário europeu para a Migração, Dmitris Avramopoulos.

Após quatro anos de avaliação, o executivo comunitário considera que o país cumpre as condições necessárias para fazer parte da área, sendo capaz de garantir a segurança da fronteira externa do bloco.

Este é um tópico político sensível devido ao pico de migração em 2015, estando o país próximo de uma das rotas principais, como realçou o comissário.

"A futura adesão ao espaço Schengen da Croácia, mas também da Bulgária e da Roménia, é ainda mais relevante e necessária, dados os atuais desafios migratórios e de segurança", afirmou Avramopoulos.

A adesão à zona Schengen deverá beneficiar a economia croata no setor de turismo, que criar quase um quinto da riqueza do país.

Entre os eurodeputados há opiniões diferentes sobre a forma como este executivo geriu uma questão tão sensível.

"Para a Croácia, não é apenas uma satisfação, tem também o compromisso de se atualizar e fazer o necessário para superar os seus problemas", afirmou Tonino Picula, eurodeputado croata de centro-esquerda.

Opinião contrária tem a colega eslovena Tanja Fajon, também de centro-esquerda: "Estou dececionada, penso que é uma má decisão política e lamento não poder discuti-la com a próxima Comissão. Olhando para a realidade no terreno, não temos um pleno funcionamento de Schengen, esta foi uma má decisão".

A decisão final cabe ao Conselho Europeu, que reúne os 28 chefes de Estado e de Governo.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.