EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Boris Johnson quer novo governo no Natal

Boris Johnson
Boris Johnson Direitos de autor REUTERS/Hannah McKay
Direitos de autor REUTERS/Hannah McKay
De  Teresa Bizarro
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Primeiro-ministro faz proposta em forma de ultimato ao Parlamento: mais tempo para analisar o acordo com Bruxelas se aceitarem eleições antecipadas para 12 de dezembro

PUBLICIDADE

É um novo ultimato para o Brexit. O primeiro-ministro britânico fez esta quinta-feira uma proposta ao Parlamento em forma de ultimato: mais tempo para analisar o acordo com Bruxelas se aceitarem eleições antecipadas para 12 de dezembro.

Boris Johnson deixou cair a ideia de uma saída da União Europeia a qualquer custo a 31 de outubro, dentro de uma semana - "a saída ou a morte", dizia  -, agora pede um novo compromisso aos deputados e põe eleições no horizonte. "A forma de fazer isto, a forma de fazer o Brexit, penso, é ser justo com o Parlamento e dizer-lhes: se querem realmente mais tempo para analisar este acordo excelente, podem tê-lo. Mas têm de aceitar leições gerais a 12 de dezembro", disse o primeiro-ministro britânico.

A proposta de eleições antecipadas tem de ser aprovada por dois terços dos deputados no parlamento. Boris Johnson quer um novo governo a tempo do Natal; a tempo de ratificar a saída do Reino Unido da União Europeia em Janeiro de 2020.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Reino Unido aguarda decisão sobre adiamento

Reino Unido pede tempo, UE pondera, Brexit mais longe

Unionistas terminam bloqueio: parlamento da Irlanda do Norte pode retomar atividade no fim de semana