Última hora

Boris Johnson quer novo governo no Natal

Boris Johnson
Boris Johnson -
Direitos de autor
REUTERS/Hannah McKay
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

É um novo ultimato para o Brexit. O primeiro-ministro britânico fez esta quinta-feira uma proposta ao Parlamento em forma de ultimato: mais tempo para analisar o acordo com Bruxelas se aceitarem eleições antecipadas para 12 de dezembro.

Boris Johnson deixou cair a ideia de uma saída da União Europeia a qualquer custo a 31 de outubro, dentro de uma semana - "a saída ou a morte", dizia -, agora pede um novo compromisso aos deputados e põe eleições no horizonte. "A forma de fazer isto, a forma de fazer o Brexit, penso, é ser justo com o Parlamento e dizer-lhes: se querem realmente mais tempo para analisar este acordo excelente, podem tê-lo. Mas têm de aceitar leições gerais a 12 de dezembro", disse o primeiro-ministro britânico.

A proposta de eleições antecipadas tem de ser aprovada por dois terços dos deputados no parlamento. Boris Johnson quer um novo governo a tempo do Natal; a tempo de ratificar a saída do Reino Unido da União Europeia em Janeiro de 2020.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.