Última hora

Criações de Yves Saint Laurent em Lyon

Criações de Yves Saint Laurent em Lyon
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O Museu de tecidos e Artes Decorativas de Lyon abriu as portas para um dos criadores do século XX: Yves Saint Laurent.

Várias obras do designer de moda francês migraram do Museu Yves Saint Laurent, em Paris, até à cidade da seda, Lyon.

Aurélie Samuel, a curadora da exposição_Yves Saint Laurent - Os bastidores da alta costura em Lyon__,_contou à Euronews a ligação precoce do estilista com os famosos tecidos produzidos em Lyon.

"O que é surpreendente é que quando ele tinha 17, 18 anos, no quarto em Oran, já fazia pequenas bonecas, e tinha uma ideia de qual seria a marca, a assinatura que queria.", conta Aurélie.

"Essa ideia já passava por encomendar tecidos feitos em Lyon", diz. "E como é que ele conhecia os tecidos? Porque recebia, em casa da mãe, revistas como a Vogue, com anuncios de fornecedores de Lyon.", concluiu.

A exposição pode ser visitada até março de 2020.

Lyon, a cidade da seda

Graças ao comércio da seda, Lyon tornou-se numa cidade industrial em pleno século XIX.

Os tecidos lioneses ficaram conhecidos em todo o mundo como um simbolo da qualidade.

Nos dias de hoje, os significados mantêm-se e a seda produzida na cidade francesa continua a ser exportada além fronteiras.

Esclarmonde Monteil, diretora do Museu de tecidos e Artes Decorativas de Lyon, admite que a cidade continua a ser "muito importante para a alta costura". Segundo a diretora do espaço que guarda relíquias com centenas de anos, Lyon é a segunda maior região do mundo no que toca à alta costura.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.