Última hora

Grécia e China fortalecem relações

Grécia e China fortalecem relações
Direitos de autor
Orestis Panagiotou/Pool via REUTERS
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O presidente Xi Jingping e o primeiro-ministro grego visitaram o porto de Pireu. O maior investimento chinês no país. Uma aposta importante e que não se fica por aqui. Atenas e Pequim concordaram em avançar com um investimento de 600 milhões de euros nesta infraestrutura.

"A China investiu neste porto quando poucos países consideravam o investimento direto em infraestruturas no país. Hoje ele é o maior do Mediterrâneo e o objetivo final da Grécia é tornar Pireu o maior porto da Europa", explica o correspondente da euronews Apostolos Staikos.

No início de uma visita de três dias, o chefe de Estado chinês foi recebido pelo presidente grego Prokopis Pavlopoulos em Atenas. Mas foi no final de um encontro com o primeiro-ministro que ficou claro que as relações greco-chinesas, estão mais fortes. Mas a China mantém um olho na Europa:

"China e Grécia são parceiros para a criação de uma cintura, de uma estrada. Esta iniciativa deve ser fortalecida pelo desenvolvimento do país. Esperamos implementar parcerias em muitas áreas e queremos fortalecer o papel do Pireu e aumentar, mais ainda, a capacidade de transporte da linha expresso terra-mar entre a China e a Europa", afirmou Xi Jinping.

"A Grécia tem muito a ganhar com a abertura do mercado interno da China, desde produtos agrícolas ou mármore de alta qualidade, até aos fornecedores gregos na área dos equipamentos de expedição de correio e encomendas. Mais de 1000 navios gregos foram construídos na China nos últimos 15 anos", explicou o chefe do executivo grego, Kyriakos Mitsotakis.

Os dois países assinaram 16 acordos que têm como objetivo aprofundar a cooperação bilateral em setores que vão desde os transportes aos produtos agroalimentares, passando pela cultura e prevenção da criminalidade.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.