EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Grécia e China fortalecem relações

Grécia e China fortalecem relações
Direitos de autor Orestis Panagiotou/Pool via REUTERS
Direitos de autor Orestis Panagiotou/Pool via REUTERS
De  Nara Madeira
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Presidente chinês assina acordos de cooperação com Atenas durante uma visita à Grécia.

PUBLICIDADE

O presidente Xi Jingping e o primeiro-ministro grego visitaram o porto de Pireu. O maior investimento chinês no país. Uma aposta importante e que não se fica por aqui. Atenas e Pequim concordaram em avançar com um investimento de 600 milhões de euros nesta infraestrutura.

"A China investiu neste porto quando poucos países consideravam o investimento direto em infraestruturas no país. Hoje ele é o maior do Mediterrâneo e o objetivo final da Grécia é tornar Pireu o maior porto da Europa", explica o correspondente da euronews Apostolos Staikos.

No início de uma visita de três dias, o chefe de Estado chinês foi recebido pelo presidente grego Prokopis Pavlopoulos em Atenas. Mas foi no final de um encontro com o primeiro-ministro que ficou claro que as relações greco-chinesas, estão mais fortes. Mas a China mantém um olho na Europa:

"China e Grécia são parceiros para a criação de uma cintura, de uma estrada. Esta iniciativa deve ser fortalecida pelo desenvolvimento do país. Esperamos implementar parcerias em muitas áreas e queremos fortalecer o papel do Pireu e aumentar, mais ainda, a capacidade de transporte da linha expresso terra-mar entre a China e a Europa", afirmou Xi Jinping.

"A Grécia tem muito a ganhar com a abertura do mercado interno da China, desde produtos agrícolas ou mármore de alta qualidade, até aos fornecedores gregos na área dos equipamentos de expedição de correio e encomendas. Mais de 1000 navios gregos foram construídos na China nos últimos 15 anos", explicou o chefe do executivo grego, Kyriakos Mitsotakis.

Os dois países assinaram 16 acordos que têm como objetivo aprofundar a cooperação bilateral em setores que vão desde os transportes aos produtos agroalimentares, passando pela cultura e prevenção da criminalidade.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Xi Jinping visita Grécia

Novo presidente de Taiwan diz que objetivos de anexação da China "não vão simplesmente desaparecer"

Comprar peças originais sem ir à falência: bem-vindos à feira de arte acessível de Hong Kong