This content is not available in your region

Holanda reduz velocidade máxima para combater emissões poluentes

Access to the comments Comentários
De  Euronews
Holanda reduz velocidade máxima para combater emissões poluentes
Direitos de autor  رويترز

A Holanda vai reduzir os limites de velocidade máxima permitida nas autoestradas do país para 100 km/h. A medida consta de um pacote de iniciativas de emergência destinadas a travar as emissões de monóxido de nitrogénio, que aceleram a degradação da camada de ozono.

Do conjunto de medidas constam ainda mudanças à quantidade de proteína na alimentação animal, que ajudará a reduzir o impacto provocado por compostos na urina.

O primeiro-ministro holandês, Mark Rutte fez o anúncio na sequência de uma decisão do Supremo Tribunal holandês, que é vista como uma derrota para o executivo.

O Governo tem estado sob pressão desde que a justiça ordenou a suspensão de vários projetos por causa da Holanda estar a exceder os limites europeus colocados às emissões de nitrogénio. As licenças dadas a vários projetos de construção tiveram de ser congeladas.

Esta quarta-feira, o primeiro-ministro não escondeu alguma insatisfação mas disse que a decisão é para cumprir: "Ninguém gosta, mas no final é melhor. É necessário evitar o bloqueio da Holanda e, acima de tudo, evitar a perda desnecessária de empregos. Alguns grandes projetos, como o reforço dos nossos diques são muito importantes para a nossa segurança. Não podemos ficar sem eles, por isso devemos ter uma lei de emergência especial."

O monóxido de nitrogénio e considerado um dos gases mais poluentes da atmosfera com efeitos nefastos para a saúde pública.