Última hora

De Wagner à Broadway, Bryn Terfel oferece uma viagem pela Ópera de Sydney

De Wagner à Broadway, Bryn Terfel oferece uma viagem pela Ópera de Sydney
Tamanho do texto Aa Aa

Embarcar numa viagem musical versátil na icónica Opera House de Sydney, na Austrália: o baixo-barítono de renome Bryn Terfel não hesita em passar dos personagens sombrios de Wagner ao musical da Broadway "South Pacific".

O carismático cantor de ópera galês atua neste património mundial da Unesco acompanhado pela mulher, a harpista Hannah Stone. A euronews foi ao seu encontro.

Bryn Terfel: "Começo com Wagner. Canto a última cena da Valquíria, quando Wotan se despede da filha amada pela última vez. (...) Por isso tenho sentimentos distintos. Tenho três rapazes e agora nós temos uma filha pequena, o que dá uma nova dimensão a cantar Wotan."

Hanna Stone oferece uma atuação emotiva da "Dança Sagrada, Dança Profana", de Claude Debussy. "Uma peça muito especial na história da harpa", como explica: "A palavra que me vem à cabeça é 'etérea'. É de outro mundo. É mágica e sinto que nos transporta simplesmente para outro lado."

Terfel continua a viagem presenteando-nos com a famosa ária do Assobio, da ópera "Mefistofele". Em palco, não hesita em gracejar: "O meu pai tinha três 'border collies' aos quais assobiava de qualquer parte das montanhas, e eu pensei que também era um bom assobiador."

Um casal dentro e fora dos palcos

Terfel e Stone abordaram também a relação que têm em cena.

Bryn Terfel: "A Hannah inspira-me profundamente. É impressionante o quanto pratica."

Hannah Stone: "Ele é, obviamente, um artista natural. Todos dizem que domina o palco. Mas penso que há mais do que isso. (...) É simplesmente o facto de estar centrado. Quando atuo com ele, isso passa para mim."

Uma herança comum a explorar

Os dois artistas têm uma forte relação com a herança comum galesa, desempenhando com orgulho uma canção do folclore tradicional.

Bryn Terfel: "Chama-se 'Ar Lan y Môr' e fala de amor e..."

Hannah Stone: "Estar à beira-mar..."

Bryn Terfel: "...Estar à beira-mar, com todos os elementos do mar capturados na sua ligação como casal."

Uma relação e herança comum que ambos pretendem continuar a explorar, como explica Terfel: "Quero também investigar mais com a Hannah a música galesa, centrando-nos em temas do folclore, que podem ser jogados em conjunto pela harpa e pela voz."

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.