EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Fim do bloqueio do Parlamento georgiano

Fim do bloqueio do Parlamento georgiano
Direitos de autor 
De  Luis Guita
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A polícia de choque dispersou os manifestantes. Os protestos começaram quando o Parlamento rejeitou um prometido projeto de lei que previa a introdução de representação proporcional nas próximas eleições legislativas. A oposição quer eleições antecipadas.

PUBLICIDADE

A polícia de choque da Geórgia dispersou os manifestantes antigovernamentais que bloqueavam o Parlamento em Tbilisi.

No maior protesto da oposição nos últimos anos, mais de 20.000 pessoas manifestaram-se contra a rejeição de uma reforma eleitoral prometida pelo Governo.

A oposição quer eleições antecipadas.

"Não haverá negociatas como sempre. A população e os partidos políticos farão o possível para garantir que não haja vida política normal para aquelas pessoas que insultaram toda a nação. Eu diria, até que se retratem dessa retórica cínica," afirmou o líder do partido Georgia Europeia, Giga Bokeria.

Os protestos começaram na semana passada depois de os parlamentares rejeitarem um projeto de lei que previa a abolição do sistema de escrutínio misto e a introdução de representação proporcional para as próximas eleições legislativas em outubro de 2020.

A introdução da proporcionalidade foi uma promessa do poderoso oligarca Bidzina Ivanichvili, cujo partido Sonho Georgiano está no poder desde 2012 e tem uma maioria esmagadora no Parlamento.

O porta-voz do Parlamento denunciou a oposição dizendo que os protestos foram além das manifestações pacíficas e extravasaram o direito de reunião e manifestação.

Usando canhões de água, a polícia dispersou os manifestantes que bloqueavam o acesso ao Parlamento e às ruas circundantes, incluindo a principal avenida de Tbilisi, onde a circulação estava paralisada desde a semana passada.

Vários militantes da oposição foram presos durante a operação, informou o canal de televisão Pirveli TV.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Manifestantes denunciam resultados eleitorais na Geórgia

Maré humana exige reforma eleitoral justa na Geórgia

Lei dos "agentes estrangeiros" causa tumulto na Geórgia