Última hora
This content is not available in your region

Polícia maltesa detém suspeito no caso Caruana Galizia

euronews_icons_loading
Polícia maltesa detém suspeito no caso Caruana Galizia
Direitos de autor  Reuters
Tamanho do texto Aa Aa

As autoridades maltesas prenderam um indivíduo suspeito de ser o intermediário no assassinato da jornalista anti-corrupção, Daphne Caruana Galizia.

O suspeito é acusado de ser o elo de ligação entre o indivíduo suspeito de contratar o assassinato e os indivíduos acusados de terem cometido o crime assim como aqueles envolvidos no engenho explosivo utilizado na operação.

Uma fonte da polícia afirma que a detenção teve lugar na quinta-feira passada enquanto parte de uma outra investigação.

Peritos da Europol encontram-se no local para acompanharem as investigações.

O primeiro-ministro de Malta, Joseph Muscat, já veio a público afirmar que o governo recomendaria um perdão para o suspeito caso este colaborasse com as autoridades e aceitasse testemunhar em tribunal.

Daphne Caruana Galizia escrevia um blog dedicado à luta contra a corrupção.

Em 2017 foi vítima de uma explosão enquanto conduzia uma viatura próximo à sua casa na capital, Valeta.