Última hora

Polícia maltesa detém suspeito no caso Caruana Galizia

Polícia maltesa detém suspeito no caso Caruana Galizia
Direitos de autor
Reuters
Tamanho do texto Aa Aa

As autoridades maltesas prenderam um indivíduo suspeito de ser o intermediário no assassinato da jornalista anti-corrupção, Daphne Caruana Galizia.

O suspeito é acusado de ser o elo de ligação entre o indivíduo suspeito de contratar o assassinato e os indivíduos acusados de terem cometido o crime assim como aqueles envolvidos no engenho explosivo utilizado na operação.

Uma fonte da polícia afirma que a detenção teve lugar na quinta-feira passada enquanto parte de uma outra investigação.

Peritos da Europol encontram-se no local para acompanharem as investigações.

O primeiro-ministro de Malta, Joseph Muscat, já veio a público afirmar que o governo recomendaria um perdão para o suspeito caso este colaborasse com as autoridades e aceitasse testemunhar em tribunal.

Daphne Caruana Galizia escrevia um blog dedicado à luta contra a corrupção.

Em 2017 foi vítima de uma explosão enquanto conduzia uma viatura próximo à sua casa na capital, Valeta.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.