Última hora

Comissão Europeia pede a Portugal para corrigir orçamento

Comissão Europeia pede a Portugal para corrigir orçamento
Tamanho do texto Aa Aa

Portugal é um dos oito Estados-membros da União Europeia cujo plano orçamental para 2020 representa um risco de inconformidade com o Pacto de Estabilidade e Crescimento.

Apesar de reconhecer que fez a sua avaliação com base num rascunho, porque a versão definitiva só será enviada em dezembro, a Comissão Europeia pede ao governo de Lisboa que faça um ajuste do orçamento no valor de 0,4% do PIB.

Mas há também boas notícias porque, apesar de ter a terceira maior dívida pública da zona euro, depois da Grécia e da Itália, Portugal destaca-se pelo ritmo de redução da dívida, que em 2020 deverá descer para 119%. do PIB.

"Uma coisa é certa, adoramos Portugal e apreciamos os esforços feitos nos últimos anos. Quando vejo a atual situação - e não se trata de política, mas do país em concreto - fico satisfeito de ver que é um dos países que caminha para ter um orçamento equilibrado. Fico feliz de ver que há um "boom" em Portugal, e lembro-me que, há apenas alguns anos, não era essa a situação de todo, era um país sob resgate. Assim, quando há uma história de sucesso, não há polícia bom e polícia mau, mas pessoas satisfeitas por terem contribuído para esse resultado, modestamente", disse Pierre Moscovici, comissário europeu para os Assuntos Económicos e Financeiros.

No que diz respeito aos países com grandes excedentes orçamentais, como é o caso da Alemanha e da Holanda, o executivo comunitário espera que abram façam maior investimento público.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.