Última hora

Cem euros por um Picasso

Cem euros por um Picasso
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Apostar 100 euros e levar um Picasso para casa. É a ideia por detrás de uma lotaria internacional que pretende financiar o abastecimento de água potável em várias localidades africanas.

A proposta é a seguinte: comprar uma cautela que custa 100 euros para habilitar-se a ganhar uma obra de Picasso no valor de um milhão e, pelo caminho, ajudar uma missão que não tem preço.

O quadro "Natureza Morta" é o chamariz para apoiar a ONG Care, que trabalha para facilitar o acesso a água potável em vários países africanos.

A iniciativa parte do Museu Picasso, em Paris. Foram postas à venda 200 mil cautelas. Elaborado em 1921, o quadro assenta numa composição geométrica na qual figuram um jornal e um copo de absinto.

O conceito já foi testado em 2013, quando foram recolhidos 5 milhões de euros para ajudar a reconstruir a parte histórica da cidade libanesa de Tiro. Desta feita, a operação centra-se na Care, que trabalha no abastecimento de água potável em países como Marrocos, Madagáscar ou Camarões.

As frações podem ser adquiridas online. O sorteio decorre em Paris, no dia 6 de janeiro.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.