Última hora

Boris Johnson quer aplicar a chamada "taxa digital" no Reino Unido

Boris Johnson quer aplicar a chamada "taxa digital" no Reino Unido
Tamanho do texto Aa Aa

O novo imposto, "taxa digital", incide sobre os proveitos de publicidade e venda das grandes plataformas tecnológicas como o Facebook, a google ou a Amazon.

A medida faz parte do programa eleitoral do Partido Conservador. De acordo com a BBC, Boris Johnson quer cobrar 2% de impostos a companhias com faturação acima dos 585 milhões de euros. A ideia é contrariar o facto destas tecnológicas não pagarem impostos nos países onde operam e não criarem riqueza ao nível local.

Antecipa-se mais uma guerra comercial com os Estados Unidos da América. É que, por causa da taxa digital já aprovada em França, Donald Trump ameaçou impôr tarifas aos produtos franceses de 100%.

Em França, a taxa será de 3%. Itália prevê uma medida semelhante a aplicar a partir de meados de 2020.

Em Portugal, o parlamento chumbou em março deste ano uma proposta do Bloco de Esquerda sobre esta matéria. PS, PSD e CDS votaram contra a cobrança de 3% da faturação em território português de plataformas como a Google ou o Facebook .

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.