Última hora
This content is not available in your region

Troca de prisioneiros entre os EUA e o Irão

euronews_icons_loading
Troca de prisioneiros entre os EUA e o Irão
Tamanho do texto Aa Aa

A cidade suíça de Zurique serviu de base a uma histórica troca de prisioneiros entre os EUA e o Irão. Este sábado, o cientista iraniano Massoud Soleimani e o investigador sino-americano da Universidade de Princeton, Xiyue Wang, puderam finalmente partir para junto das respetivas famílias, como lembrou através do Twitter o chefe da diplomacia iraniana.

Um final feliz para um intenso processo de negociações diplomáticas, intermediado pela Suíça.

O secretário de estado dos EUA, Mike Pompeo, também manifestou, através das redes sociais, a satisfação pela libertação de Xiyue Wang e elogiou a postura construtiva de Teerão. Acrescentou que não descansará até trazer de volta todos os americanos detidos no Irão e pelo mundo fora.

Massoud Soleimani foi detido pelas autoridades norte-americanas e acusado de violar as sanções comerciais aplicadas ao Irão, ao tentar importar "material biológico" para o seu país.

Já Wang tinha sido condenado a dez anos de prisão no Irão por alegadamente se ter infiltrado no país e enviado material confidencial para o estrangeiro.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.