Começa troca de prisioneiros entre a Rússia e a Ucrânia

AP Photo/Yevgen Honcharenko
AP Photo/Yevgen Honcharenko Direitos de autor APYevgen Honcharenko
De  Euronews com AP
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A negociação foi confirmada pelas autoridades separatistas que anunciaram a troca de 55 ucranianos por 87 rebeldes apoiados pela Rússia

PUBLICIDADE

À imagem do que aconteceu historicamente em setembro, Rússia e Ucrânia voltam a trocar prisioneiros. A negociação foi confirmada pelas autoridades separatistas que anunciaram a troca de 55 ucranianos por 87 rebeldes apoiados pela Rússia.

No primeiro encontro que Volodymyr Zelenski e Vladimir Putin fizeram, não houve acordo para encerrar a guerra de cinco anos que matou mais de 14 mil pessoas, mas ambos os governos concordaram em entrar em processo de paz e trocar prisioneiros.

A decisão de troca foi tomada entre os dois chefes de Estado na útima reunião entre líderes, em Paris, no início do mês. Esta troca aconteceu três meses depois da Ucrania devolver 35 pessoas aos territórios separatistas em troca do mesmo número de ucranianos.

Durante esta semana, a Ucrânia libertou 15 prisioneiros acusadas de terrorismo numa preparação para este domingo.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Após troca de presos Irão anuncia novo passo em direção ao nuclear

Troca de prisioneiros entre os EUA e o Irão

Ataques russos com drones e mísseis matam cinco civis na Ucrânia