Última hora
This content is not available in your region

Começa troca de prisioneiros entre a Rússia e a Ucrânia

AP Photo/Yevgen Honcharenko
AP Photo/Yevgen Honcharenko   -  
Direitos de autor
AP - Yevgen Honcharenko
Tamanho do texto Aa Aa

À imagem do que aconteceu historicamente em setembro, Rússia e Ucrânia voltam a trocar prisioneiros. A negociação foi confirmada pelas autoridades separatistas que anunciaram a troca de 55 ucranianos por 87 rebeldes apoiados pela Rússia.

No primeiro encontro que Volodymyr Zelenski e Vladimir Putin fizeram, não houve acordo para encerrar a guerra de cinco anos que matou mais de 14 mil pessoas, mas ambos os governos concordaram em entrar em processo de paz e trocar prisioneiros.

A decisão de troca foi tomada entre os dois chefes de Estado na útima reunião entre líderes, em Paris, no início do mês. Esta troca aconteceu três meses depois da Ucrania devolver 35 pessoas aos territórios separatistas em troca do mesmo número de ucranianos.

Durante esta semana, a Ucrânia libertou 15 prisioneiros acusadas de terrorismo numa preparação para este domingo.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.