Última hora
This content is not available in your region

Juliette Binoche: "uma sociedade saudável precisa de novas visões"

Juliette Binoche: "uma sociedade saudável precisa de novas visões"
Tamanho do texto Aa Aa

"The favourite" do realizador grego Yorgos Lanthimos foi o grande vencedor da edição 2019 dos prémios europeus do cinema, que recompensou a atriz Juliette Binoche com um prémio carreira.

Melhor filme europeu para Yorgos Lanthimos

O filme do realizador grego arrecadou oito prémios, incluindo o de melhor realizador. "Gostaria de agradecer a Yorgos Lanthimos, nosso amigo e líder ao longo da grande viagem épica que fizemos juntos. É uma grande honra para nós estar ao lado de grandes filmes nomeados para este prémio", disse Andrew Lowe, coprodutor do filme. "The favourite" passa-se no século XVIII, durante a guerra entre a França e a Inglaterra e retrata os jogos de poder entre três mulheres.

Banderas vence prémio de melhor ator europeu

O prémio de melhor ator europeu foi atribuído a Antonio Banderas. O ator espanhol incarna o papel principal em "Dor e Glória", um filme de contornos autobiográficos de Pedro Almodovar.

A longa-metragem francesa "Les Misérables" de Ladj Ly venceu o prémio da crítica internacional European Discovery. "A imprensa foi magnífica. Antes da saída do filme, estávamos apreensivos tínhamos medo de ser atacados, mas, a imprensa foi unânime. Estamos muito orgulhosos", disse o realizador francês à euronews. A ação do filme passa-se nos subúrbios de Paris. "Les Miserables" é o candidato da França ao Óscar de melhor filme estrangeiro.

Homenagem a Wenders e Binoche

O filme do realizador espanhol Sebastian Simó arrecadou o prémio para melhor animação. "É o meu primeiro filme, estava a tentar encontrar o meu caminho, a minha linguagem e a realizar um filme sobre Luis Bunuel e a sua tentativa de encontrar um caminho. De certo modo, trabalhei com ele, com as devidas distâncias, porque ele é o grande mestre, para mim foi como ter um padrinho", contou o realizador espanhol. "Bunuel no labirinto das Tartarugas" retrata a história e o percurso do realizador espanhol Luis Bunuel.

O presidente da Academia Europeia de Cinema, Wim Wenders, prestou homenagem a Werner Herzog. O realizador alemão recebeu o prémio carreira. A atriz francesa Juliette Binoche foi igualmente recompensada pelo seu contributo para o mundo do cinema. "Uma sociedade saudável precisa de artistas e de novas visões, ouvir coisas novas e de ser desafiada", disse à euronews Juliette Binoche.

Em 2020, a cerimónia de entrega dos prémios europeus do cinema decorre na Islândia.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.