Última hora
This content is not available in your region

Carne impressa em 3D: a sugestão da Novameat para a sua mesa

euronews_icons_loading
Carne impressa em 3D: a sugestão da Novameat para a sua mesa
Direitos de autor  euronews
Tamanho do texto Aa Aa

A indústria de produção de carne é uma das mais poluentes do mundo. Perante o agravamento das alterações climáticas, os consumidores procuram cada vez mais formas de nutrição alternativas.

Em Barcelona, o bioengenheiro Giuseppe Scionti, fundador da start-up Novameat, encontrou uma solução: a produção de carne para consumo através da tecnologia de impressoras 3D.

O consumo de carne em Espanha é um dos mais elevados da Europa, com uma média anual de cerca de 94 kg por habitante. A impressão 3D de bifes vegetarianos apresenta agora uma alternativa sustentável.

Euronews
"Este é o primeiro produto alimentar que apresenta uma verdadeira alternativa à carne animal porque tem a mesma aparência tridimensional e também a mesma textura fibrosa, aparência e sabor que um pedaço de carne."
Giuseppe Scionti

De acordo com os especialistas, a produção de carne tem um forte impacto negativo na alteração climática.

"O sector pecuário tem mais efeitos negativos no meio-ambiente, em termos de gases com efeito de estufa, do que o setor dos transportes no seu todo. De acordo com a estimativa da Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura, 14.5% destes gases derivam da pecuária e 13% dos transportes."
Giuseppe Scionti

A empresa já esta em negociações para disponibilizar os seus produtos em restaurantes espanhois e italianos até ao próximo Natal.

"Esta carne é feita com proteína de arroz, ervilha e algas, cuja sequência de aminoácidos é nutritiva e equilibrada. Se posso recomendar uma barra ou um batido de proteínas, porque não recomendar um bife de proteínas? Desde que tenha o mesmo sabor que um bife...a questão do sabor é importante," esclareceu a médica nutricionista, Maria José Martínez Obiols.

Tal como a carne, as suas alternativas podem ter efeitos negativos na saúde. Mas os hábitos alimentares dos consumidores estão a mudar. Nos últimos anos, registou-se um aumento de substitutos de carne no mercado europeu de cerca de 451%.

O objetivo de Giuseppe Scionti é produzir em grande escala e a sua empresa continua a testar várias inovações com vista a melhorar o sabor dos seus produtos.

Um bife fresco acabado de imprimir é um prato ideal para um jantar saudável, ético e sustentável.