Última hora
This content is not available in your region

Governo francês deixa cair aumento da idade da reforma

euronews_icons_loading
Governo francês deixa cair aumento da idade da reforma
Direitos de autor  AP/ François Mori
Tamanho do texto Aa Aa

O governo francês deixou cair por terra a medida mais polémica da reforma da segurança social.

Depois de um braço-de-ferro com os sindicatos, a idade da reforma em França vai manter-se nos 62 anos, em vez de aumentar para os 64.

Com esta cedência, o executivo de Édouard Philippe espera finalmente alguma paz social, após cinco semanas de greves e manifestações.

Em entrevista a um canal de televisão francês, a ministra francesa da Transição Ecológica, Elisabeth Borne, disse mesmo já não haver "qualquer razão para continuar com a greve".

Mas alguns sindicatos ainda não estão satisfeitos e exigem a revogação por completo da reforma da segurança social. É o caso da central sindical Força Operária, que mantém a mobilização.

Uma nova paralisação foi convocada para quinta-feira.

Durante a semana, prevê-se que a circulação de vários transportes públicos em França seja afetada.