Europeus querem forçar Irão a cumprir acordo nuclear

Europeus querem forçar Irão a cumprir acordo nuclear
De  Rodrigo Barbosa com AFP / EFE
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

França, Reino Unido e Alemanha ativaram o Mecanismo de Resolução de Litígios, previsto no acordo assinado em 2015

PUBLICIDADE

A União Europeia ativou o Mecanismo de Resolução de Litígios para tentar que o Irão volta à via delineada pelo acordo sobre o nuclear assinado em 2015. Os três países europeus signatários do acordo, França, Reino Unido e Alemanha lançaram o procedimento, previsto no texto, para forçar Teerão a cumprir os compromissos assumidos há quatro anos.

Josep Borrell: "O objetivo do Mecanismo de Resolução de Litígios não é restabelecer sanções, mas sim resolver questões relacionadas com a implementação do acordo, no quadro da Comissão Conjunta. Penso que é necessário deixar claro que o objetivo é, portanto, encontrar soluções e voltar ao cumprimento total do acordo."

Apesar da medida permitir, efetivamente, o restabelecimento de sanções, os europeus deixaram claro que não pretendem "unir-se à campanha de máxima pressão sobre o Irão", numa referência aos Estados Unidos, que se retiraram do acordo sobre o nuclear pela mão de Donald Trump, em 2018.

Teerão já afirmou que "responderá adequadamente" à decisão europeia.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Moldova denuncia esforços da Rússia para influenciar referendo sobre UE

"Pela primeira vez temos uma abordagem europeia comum em matéria de imigração e asilo"

Espanha vai acabar com os vistos gold para investidores imobiliários estrangeiros