Última hora
This content is not available in your region

Fuga em massa de prisão no Paraguai

euronews_icons_loading
Fuga em massa de prisão no Paraguai
Direitos de autor  AFP
Tamanho do texto Aa Aa

76 prisioneiros conseguiram fugir de uma prisão no Paraguai.

Muitos dos fugitivos são membros do PCC, o Primeiro Comado da Capital, um dos maiores grupos criminosos do Brasil com ligações ao trafico de armas e drogas.

40 brasileiros e 36 paraguaios, fugiram por um túnel que foi cavado na prisão da cidade de Pedro Juan Caballero, fronteiriça com a cidade brasileira de Ponta Porã, no Estado de Mato Grosso do Sul.

A ministra da Justiça paraguaia, Cecilia Perez, disse que os prisioneiros devem ter levado "várias semanas" para construir o túnel e acrescentou que o pessoal da prisão "não fez nada".

Entretanto, o diretor da prisão foi demitido e dezenas de guardas foram presos.

Cinco viaturas usadas na fuga foram encontradas carbonizadas em Ponta Porã, revelou a porta-voz da polícia paraguaia, Elena Andrada.

De acordo com a Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública do Mato Grosso do Sul, o policiamento foi reforçado com 200 operacionais e 1 helicóptero. Os acessos de entrada e saída do Estado estão a ser vigiados.