Última hora
This content is not available in your region

Paris ajuda Atenas a enfrentar pressão migratória

euronews_icons_loading
Paris ajuda Atenas a enfrentar pressão migratória
Direitos de autor  AFP
Tamanho do texto Aa Aa

França confirmou a disponibilidade para receber 400 requerentes de asilo que se encontram na Grécia.

Os dois países pretendem criar linhas de colaboração que permitam ajudar o Governo de Atenas a enfrentar um desafio migratório que exerce uma pressão esmagadora sobre as infraestruturas.

"A Europa precisa urgentemente de uma política comum que possa responder às necessidades dos novos factos", afirmou o ministro grego da Política de Migração e Asilo, Giorgos Koumoutsakos.

"Vamos estudar, com nossos amigos gregos, a possibilidade de organizar voos em grupo para facilitar o retorno de pessoas que não precisam de proteção nos seus países. Portanto, com a ajuda da Frontex, poderemos organizar voos, que serão voos franco-gregos ", revelou o vice-ministro francês do Interior, Laurent Nunez.

Os requerentes de asilo, que devem chegar até ao verão são principalmente famílias com perfil de refugiados.

Nas ilhas gregas de Samos, Chios e Lesbos estão previstas grandes manifestações na quarta-feira, a principal exigência é a retirada dos migrantes das ilhas. Na capital grega, uma manifestação está agendada para quinta-feira.