EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

"Acordo do século? Este é um projeto de ocupação", diz presidente turco sobre plano de Trump

euronews
euronews Direitos de autor euronews
Direitos de autor euronews
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Presidente da Turquia Recep Tayyip Erdoğan criticou o "Plano de Paz para o Médio Oriente" de Donald Trump num encontro pró-palestiniano

PUBLICIDADE

O "Plano de Paz para o Médio Oriente" de Donald Trump veio 'incendiar' os ânimos e está longe de criar estabilidade entre Israel e a Autoridade Palestiniana.

Os palestinianos dizem que o chamado "acordo do século" beneficia os israelitas. Entre vários pontos, o acordo inclui o reconhecimento de Jerusalém como a capital de Israel.

Num encontro em Istambul, o presidente turco, Recep Tayyip Erdoğan, criticou fortemente o acordo. 

"O acordo do século, que acordo? Este é um projeto de ocupação.", disse Recep Tayyip Erdoğan, entre aplausos. "Não se pode mudar o destino da Autoridade Palestiniana nem de Jerusalém.", disse o chefe de Estado turco. "Estou sempre a dizer isto e repito: Jerusalém é a nossa linha vermelha.", concluiu. 

Além de Jerusalém, o acordo defende também a anexação, por parte de Israel, do Vale do Jordão, entre outros pontos. 

Quanto à autoridade palestiniana, o acordo prevê um domínio limitado em Gaza, em várias zonas da Cisjordânia e de algumas áreas povoadas por israelitas, em troca de uma lista de condições.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Plano de paz não faz jus ao nome nas ruas de Belém

Palestinianos rejeitam plano de paz de Trump

Trump tem um plano de paz para o Médio Oriente