Última hora
This content is not available in your region

Magnata do jogo búlgaro alvo de mandado de captura europeu

euronews_icons_loading
Magnata do jogo búlgaro alvo de mandado de captura europeu
Direitos de autor  BNT
Tamanho do texto Aa Aa

Refugiado no estrangeiro, o magnata do jogo na Bulgária, Vasil Bozhkov, foi formalmente acusado de extorsão, crime organizado e tentativa de suborno.

A procuradoria de Sofia emitiu um mandado de captura europeu e efetuou rusgas na residência e escritórios do magnata na capital búlgara. As empresas de Bozhkov são acusadas de aproveitar uma falha na legislação para burlar o Estado em largos milhões de leves búlgaros.

Ivan Geshev, procurador-geral da Bulgária: "Desapareceram 500 milhões de leves [o equivalente a 255 milhões de euros]. É razão suficiente para ter medo. É assustador, ter de devolver ao Estado 500 milhões."

Em paradeiro desconhecido mas num país "não membro da União Europeia", segundo as suas próprias declarações à imprensa, Bozhkov, que é também proprietário do clube de futebol Levski Sofia, rejeitou as acusações, mas disse ter medo de regressar à Bulgária.

A ação judicial decorre ao mesmo tempo que o parlamento adotou em primeira leitura um texto que pretende instaurar um monopólio do Estado sobre o lucrativo negócio dos jogos de azar.