EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Autoridade Palestiniana corta relações com Israel e EUA

Autoridade Palestiniana corta relações com Israel e EUA
Direitos de autor Majdi Mohammed/AP
Direitos de autor Majdi Mohammed/AP
De  euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Mahmoud Abbas revelou que recusa ficar na história como "aquele que vendeu Jerusalém", opondo-se ao plano de Donald Trump para a região.

PUBLICIDADE

O líder da Autoridade Palestiniana cortou todas as relações e compromissos de segurança com Israel e com os Estados Unidos da América.

Mahmoud Abbas fez o anúncio na capital egípcia após uma reunião extraordinária da Liga Árabe sobre o plano de Donald Trump para a região apresentado em Washington esta semana.

"Informamos que não haverá relações com Israel e os Estados Unidos, inclusive em matéria de cooperação de segurança, à luz da vossa rejeição dos acordos que foram assinados e da legitimidade internacional. Vocês, israelitas, terão de assumir a responsabilidade como potência ocupante".

Mahmoud Abbas revelou que recusa ficar na história como "aquele que vendeu Jerusalém". O anúncio espelha a revolta dos palestinianos. Na cidade de Baqa al-Gharbiya, em Israel, mais de duas mil pessoas protestaram contra os propósitos do presidente norte-americano.

Na terça-feira, Donald Trump divulgou um plano que prevê a anexação de partes da Cisjordânia ocupada por Israel e reconhece Jerusalém como capital unida do estado hebraico.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Ataque contra Trump pode influenciar eleitores indecisos nos Estados Unidos, diz analista

Trump sugere que vai manter discurso agendado para a Convenção Republicana

Quem foi o atirador que tentou assassinar Donald Trump?