EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Coronavírus já atinge 24 países

Coronavírus já atinge 24 países
Direitos de autor AAStringer
Direitos de autor AA
De  João Paulo Godinho
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Intensificam-se as medidas de prevenção de vários países relativamente a pessoas que chegam aos respetivos países provenientes da China.

PUBLICIDADE

O novo coronavírus detetado na China alastrou já a 24 países, após a confirmação de casos de infeção em Espanha, Rússia e Suécia. Por enquanto, Portugal continua sem registo de pessoas infetadas. As análises realizadas no Hospital São João, no Porto, a um homem suspeito de ter sido contaminado foram negativas, anunciou hoje o centro hospitalar.

Contudo, segundo o balanço mais recente das autoridades chinesas, há pelo menos 259 vítimas mortais no país e o número de pessoas infetadas é de quase 12.000.

O coronavírus foi considerado pela Organização Mundial de Saúde (OMS) uma situação de emergência de saúde pública de âmbito internacional, o que obriga à adoção de medidas de prevenção e coordenação a uma escala global.

O organismo tem também apelado a uma informação séria em torno do coronavírus, numa tentativa de travar alarmismos.

Apesar dos cuidados, o coronavírus chegou já também aos Estados Unidos, com a confirmação de um caso no estado da California.

"Hoje cedo, o Centro de Controlo e Prevenção de Doenças informou que um residente do nosso condado está infetado com o novo coronavírus", disse Sara Cody, oficial de saúde do condado de Santa Clara, no estado californiano.

No entanto, é na China que estão os maiores receios de uma epidemia.

Num cenário que mais parece saído de um filme, as ruas de Pequim estão praticamente vazias, muitas lojas nem abrem e poucos são aqueles que arriscam os transportes públicos.

Todas as novas mortes, com exceção de uma, foram registadas na província de Hubei, no centro do país, avançou a France-Presse.

Este surto foi detetado no final do ano passado, em Wuhan.

Outras fontes • Lusa / AFP

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Segundo avião com europeus de Wuhan aterra em França

Coronavírus: China pede ajuda à UE para facilitar venda de material médico

Morreu o estilista Roberto Cavalli aos 83 anos