Última hora
This content is not available in your region

Coronavírus: China pede ajuda à UE para facilitar venda de material médico

euronews_icons_loading
Coronavírus: China pede ajuda à UE para facilitar venda de material médico
Direitos de autor  .
Tamanho do texto Aa Aa

O governo chinês pediu ajuda à União Europeia para que os estados-membros facilitem a venda de material médico. O pedido de urgência surge para fazer frente ao vírus que está a espalhar-se por todo o mundo. O coronavírus já matou mais de 250 pessoas e infetou 12 mil.

Depois da Organização Mundial da Saúde ter declarado o coronavírus como uma emergência global, vários países impuseram restrições à entrada de estrangeiros que tenham passado pela China, país onde o vírus surgiu em dezembro.

Rússia, Japão e Itália estão entre os países que tomaram esta medida. Recentemente, Austrália e EUA também decidiram banir a entrada a qualquer pessoa que tenha estado no país asiático.

As medidas não são defendidas pelas autoridades globais de saúde, as quais acreditam que as restrições podem ter consequências piores do se espera, como dificuldade de comunicação, obstrução de transporte de material médico e uma economia afetada.