Futebol feminino da Síria marca golos na baliza da igualdade

Futebol feminino da Síria marca golos na baliza da igualdade
Direitos de autor afp
De  Patricia Tavares
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Equipa vence campeonato feminino. Há anos que as jogadoras ouviam comentários e piadas de transeuntes, vizinhos e até das próprias famílias. Sempre ouviram que o futebol é para os homens.

PUBLICIDADE

Samar tenta seguir a paixão pelo futebol e marcar golos na baliza da igualdade, numa sociedade ultra-conservadora. Tem 20 anos, vive na Síria e treina com as colegas de equipa no campo coberto da cidade de Amouda, no nordeste do país. Há anos que ouvem comentários e piadas de transeuntes, vizinhos e até das próprias famílias. Sempre ouviram que o futebol é para os homens.

Quanto mais uma rapariga cresce, mais pessoas nos dizem para abandonar o desporto. É algo que está relacionado com a nossa sociedade. Isso fez-me abandonar o futebol a dado momento, mas depois decidi recomeçar ainda mais determinada.
SAMAR
Jogadora de Futebol

O novo recomeço trouxe uma nova recompensa. A equipa venceu o primeiro campeonato feminino na Síria e o campeonato da opinião popular.

Samar foi considerada a melhor marcadora e no regresso a Amouda, a equipa foi recebida por centenas de pessoas que se juntaram a uma festa que se prolongou pela noite dentro.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Autrália e Nova Zelândia acolhem Mundial feminino de futebol em 2023

Gianni Infantino está otimista com futuro do futebol feminino

Espanha vence Suécia e está na final do Mundial Feminino de Futebol