Última hora
This content is not available in your region

As vantagens de integrar um cluster de empresas na UE

euronews_icons_loading
As vantagens de integrar um cluster de empresas na UE
Direitos de autor  euronews
Tamanho do texto Aa Aa

A união entre empresas pode ser um estímulo à inovação, em particular no domínio da alta tecnologia. A Euronews visitou a DefSecIntel, uma empresa estónia que concebe tecnologias de vigilância e controlo de fronteiras e que faz parte de um cluster que reúne várias instituições da área da defesa na Estónia.

"O cluster foi a plataforma ideal para cooperar com empresas de defesa na Europa e permitiu-nos obter conhecimentos sobre as cadeias de fornecimentos da indústria, o que é crucial para empresas como a nossa", disse à euronews Jaanus Tamm, Presidente da DefSecIntel.

Cluster estimula cooperação empresarial

Um dos produtos comercializados pela empresa estónia é um drone autónomo que integra um dispositivo de Inteligência Artificial capaz de identificar objetos no solo. No âmbito do cluster, a DefSecIntel teve a oportunidade de unir forças com a Threod Systems, uma companhia especializada na construção de drones de longo alcance para vigilância aérea. Foi possível criar uma parceria para oferecer um leque mais variado de soluções aos clientes.

"A cooperação reduziu o tempo de comercialização para metade, graças à integração do produto nas vendas conjuntas. Permitiu poupar cerca de um terço do nosso orçamento das viagens dos vendedores", explicou Jaanus Tamm.

As empresas do setor da defesa na Europa

O setor de defesa da Europa integra mais de 2.500 Pequenas e Médias Empresas e é um ninho de inovação e não apenas no domínio militar. A tecnologia dos drones pode ser adaptada para usos civis como o combate aos incêndios florestais.

Para a Comissão Europeia, a inovação é essencial para tornar a Europa mais autónoma ao nível da defesa. Bruxelas espera que as empresas possam tirar o máximo partido dos apoios da União Europeia, quer ao nível do cluster ou de programas de financiamento como o Fundo Europeu de Defesa ou o Horizon 2020.

As redes de contacto associados ao cluster

Todas as PME da União Europeia podem fazer parte do cluster da Defesa. "Ajudamos as empresas de várias maneiras. Por exemplo, organizamos treinos e cursos para ajudá-las a melhorar as suas capacidades. Organizamos também eventos que permitem a criação de redes de contacto que ajudem a partilhar experiências e conhecimentos. Basta entrar em contacto connosco. Temos muitos contactos na Estónia e no resto da Europa", afirmou Helen Naarits, responsável do cluster de defesa da Estónia.

..

Os conselhos dos peritos

O Cluster de Defesa da Estónia visa aumentar a cooperação entre empresas da Estónia que trabalham no setor da defesa e da segurança. A euronews falou com Helen Naarits, sobre o leque de serviços fornecidos pelo cluster.

euronews: Quais são as vantagens do cluster para as empresas ?

Helen Naarits: "Existem duas grandes vantagens. Uma delas é a possibilidade da venda em conjunto, com o apoio financeiro da UE. Outra vantagem ter a ver com os grupos de trabalho. As empresas podem reunir -se com outras empresas para debater a integração dos produtos. O nosso último grupo de trabalho centra-se na Inteligência Artificial".

euronews: Como é que podem contribuir para o sucesso das empresas do cluster ?

Helen Naarits: "Ajudamos as empresas a crescer, damos-lhes a oportunidade de participar em eventos, de criar redes de contacto, e de ter reuniões B2B. Oferecemos seminários e formações. Ajudamos as empresas na área da exportação e ao nível da participação em exposições internacionais."

euronews: Recebem que tipo de apoio da UE e como é que esse apoio é canalizado para as empresas?

Helen Naarits: "Recebemos financiamento do Fundo de Desenvolvimento Regional da UE, que ajuda as nossas empresas a exportar para mercados internacionais, a participar em exposições e a organizar formações. Também fazemos parte do programa Cluster Go International da UE, que ajuda as PMEs a crescer ".

euronews: Empresários ou PME de outros países da UE podem ligar-se ao cluster da Estónia?

Helen Naarits: "Claro que sim, basta entrar em contacto connosco. Temos muitos contactos na Estónia e na UE."

Informações úteis

  • As Pequenas e Médias Empresas da área da defesa desempenham um papel fundamental ao nível da inovação e do crescimento da economia. Há mais de 2500 PME que desempenham um papel central nas cadeias de fornecimento na área da defesa na Europa.
  • De acordo com a Comissão Europeia, as PME do setor podem tirar partido do Fundo Europeu de Defesa, dos Fundos Europeus Estruturais e de Investimento, do programa Horizon 2020 e do Cluster da Defesa.
  • O Grupo de Inovação no domínio da Defesa e da Segurança da Estónia é um bom exemplo da importância das parcerias estratégicas entre empresas. O objetivo é aumentar a cooperação entre empresas, instituições de I&D e clientes. O grupo promove a participação das empresas em projetos e programas internacionais para aumentar a capacidade de exportação e as vendas no mercado da defesa e segurança.

Ligações úteis