Última hora
This content is not available in your region

Hanau une-se contra o racismo

euronews_icons_loading
Hanau une-se contra o racismo
Direitos de autor  AP Photo/Martin Meissner
Tamanho do texto Aa Aa

Em uníssono contra o racismo, cerca de seis mil pessoas desfilaram, este sábado, pelas ruas de Hanau, na Alemanha. Nas bocas, gritos contra o fascismo, nas mãos vários cartazes numa homenagem às vítimas do massacre de quarta-feira à noite, quando um homem de nacionalidade alemã abriu fogo sobre dois bares da cidade, deixando para trás nove mortos de diferentes origens e etnias e famílias que agora precisam de apoio.

Um a um, o nome das vítimas foi recordado. Manifestantes e líderes políticos não poupam críticas à retórica xenófoba que tem vindo a ganhar espaço no espetro partidário e que - acusam - está a alimentar este tipo de ataques.

A mensagem é dirigida ao Alternativa para a Alemanha (AFD), o partido assumidamente de extrema-direita que tem vindo a crescer em popularidade e votos nas eleições estaduais no país.