Última hora
This content is not available in your region

Coronavírus obriga ao cancelamento do Salão Automóvel de Genebra

euronews_icons_loading
Coronavírus obriga ao cancelamento do Salão Automóvel de Genebra
Direitos de autor  ESRTVE
Tamanho do texto Aa Aa

A partir desta sexta-feira e até 15 de março está proibida a realização de eventos públicos e privados com mais de mil pessoas na Suíça.

A interdição do Governo precipitou o cancelamento da 90.ª edição do Salão Automóvel de Genebra.

A mensagem da Organização Mundial de Saúde (OMS) é que todos os países se precisam preparar para possíveis casos de coronavírus.

"Acabo de regressar de uma viagem de duas semanas à China e as experiências que os profissionais de saúde no terreno estão a viver bem como o que estão a aprender têm de ser partilhadas com o mundo. À medida que aprendemos mais e que se partilham experiências podemos protegê-los, proteger-nos e dar o melhor tratamento possível a quem estiver infetado", sublinhou Maria Van Kerkhove, líder técnica de programas de emergência da OMS

Entretanto cerca de 130 turistas que estavam de quarentena num hotel em Tenerife tiveram ordem para regressar a casa. As quatro pessoas que testaram positivo foram hospitalizadas. Algumas tiveram ligação com o grande agrupamento de casos do norte de Itália. Cerca de 600 permanecem no hotel para mais duas semanas de quarentena.

O vírus já chegou à Bielorrússia que noticiou, esta sexta-feira, o primeiro caso de infeção. Um estudante iraniano que viajou do Azerbaijão para a Europa do leste. Todas as pessoas com que contactou foram hospitalizadas.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.