Última hora
This content is not available in your region

Democratas preparam-se para a Super terça-feira

euronews_icons_loading
Democratas preparam-se para a Super terça-feira
Direitos de autor  .
Tamanho do texto Aa Aa

Para o partido democrata norte-americano a Super Terça-feira poderá ser o momento decisivo no processo de nomeação de um candidato presidencial.

Do lado dos republicanos, a nomeação de Donald Trump está assegurada.

A super terça-feira reúne o maior número de eleições estaduais do calendário eleitoral.

Nada mais, nada menos do que 14 estados, sem esquecer o território da Samoa Americana assim como os democratas que vivem no estrangeiro. Tradicionalmente, este processo dura até ao final de junho.

Cada estado representa um número de delegados que varia consoante a população. O número total de delegados é que vai determinar a escolha do adversário de Donald Trump.

O estado de Iowa, o primeiro estado a votar, no início de fevereiro, produziu 41 delegados. Na super terça-feira estão em jogo 1 357 delegados, mais de um terço dos quase quatro milhares disponíveis.

A corrida para a nomeação democrata termina em julho, altura em que o futuro adversário de Trump é nomeado no âmbito de uma convenção nacional.

Esta convenção nacional, realizada em ambiente de festa, marca também o início do processo interno de reconciliação que se prolongará até às eleições previstas para novembro.