Última hora
This content is not available in your region

Turquia promete manter fronteira aberta

euronews_icons_loading
Turquia promete manter fronteira aberta
Direitos de autor  AP   -   Emrah Gurel
Tamanho do texto Aa Aa

A Turquia abriu a fronteira e promete mantê-la aberta, para deixar entrar os refugiados sírios na União Europeia. O presidente turco diz que o país não pode continuar a lidar com novas vagas de pessoas que fogem da Síria.

Recep Tayyip Erdogan justificou a decisão com o facto de a União Europeia dever cumprir as suas promessas. O anúncio acontece depois do ataque que matou 33 soldados da Turquia, na Síria.

"O que é que fizemos ontem? Abrimos as portas e até esta manhã aproximadamente 18 mil pessoas conseguiram passar pelos portões, mas hoje podem passar 25 mil ou 30 mil. E a partir de agora não vamos fechar as portas. É para continuar", ameaçou o presidente da Turquia.

A Grécia impediu a entrada de centenas de migrantes no seu território na sexta-feira, depois de a Turquia ter aberto a fronteira. O primeiro-ministro grego garantiu que entradas ilegais não vão ser toleradas, enquanto a União Europeia disse ter recebido "garantias" de Ancara.