Benjamin Netanyahu vence sem maioria

Benjamin Netanyahu vence sem maioria
Direitos de autor EPAATEF SAFADI
De  Bruno Sousa
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Sondagens à boca das urnas indicam que direita religiosa deverá ficar a um deputado de controlar o parlamento

PUBLICIDADE

As sondagens à boca das urnas dão vitória a Benjamin Netanyahu nas terceiras legislativas realizadas em menos de um ano em Israel. Ainda assim, paira a incerteza no ar. As várias projeções indica que o primeiro-ministro, em conjunto com os seus aliados, deverá conseguir um total de sessenta lugares no parlamento, faltando um para a desejada maioria.

Já o bloco de centro-esquerda, liderado por Benny Gantz, deverá eleger entre 52 e 54 deputados.

Apesar de ainda não ter apoio garantido para formar governo, que seria o quuinto para Netanyahu, quarto consecutivo, não deixa de ser um grande resultado para o homem que no dia 17 de março se tornará no primeiro chefe de governo em funções a ser julgado por corrupção no país.

Apesar dos receios do coronavírus, o escrutínio teve uma taxa de participação superior a 65%. O executivo israelita tomou várias precauções para evitar o contágio e criou mesmo 15 mesas de voto especiais para os eleitores que se encontram em quarentena poderem votar.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Legislativas de Israel: Netanyahu à frente na contagem dos votos

Segundo maior hospital de Gaza não está operacional. Israel quer reféns libertados até ao Ramadão

Israel diz ter descoberto túneis do Hamas debaixo da sede da UNRWA