EventsEventosPodcast
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

ONU reforça combate à corrupção em Angola

ONU reforça combate à corrupção em Angola
Direitos de autor Euronews
Direitos de autor Euronews
De  Neusa Silva
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O Gabinete das Nações Unidas contra a Droga e o Crime (UNODC) vai abrir escritórios em Angola e, assim, reforçar o combate contra a corrupção e o crime organizado.

PUBLICIDADE

A Organização das Nações Unidas (ONU) anunciou que vai abrir ainda este ano, em Angola, uma representação da UNODC - Agência das das Nações Unidas dedicada a luta contra Drogas, Crime corrupção e terrorismo.

De acordo com o Coordenador das ONU em Angola, Paolo Balladelli, a abertura da referida agência atende a uma solicitação do executivo Angolano, e neste momento já vem desenvolvendo trabalhos no país em diferentes domínios, com foco principal no controle e garantia de transparência em transações comerciais que ocorram no espaço da SADC, com um programa já em curso.

Além da abertura da agência virada para o combate a corrupção, vinte e uma agências das Nações Unidas juntam-se para dar corpo a um acordo de cooperação com Angola, que visa empoderar mulheres e Jovens.

Paolo Balladelli diz que pela primeira vez o setor social junta-se ao setor económico num mesmo projeto, avaliado em mais de 220 milhões de euros

"A grande novidade se quisermos falar de novidade neste quadro de cooperação é uma área muito específica de trabalho para mulheres e jovens, jovens na área de melhorar as suas capacidades e os seus perfis para ter mais possibilidades de emprego, para diminuir a desocupação por um lado e por outro lado também empoderar no exercício da cidadania", explica.

O novo Quadro de Cooperação entre o Governo de Angola e o Sistema das Nações Unidas para o Desenvolvimento Sustentável estende-se até 2022 e junta além das 21 agências das Nações Unidas, organismos do Estado, sociedade civil e Instituições Financeiras Internacionais

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Líder da República Sérvia volta a ameaçar saída da Bósnia-Herzegovina

ONU avisa que sistema de saúde de Gaza "está de rastos" e suspende entregas de ajuda em Rafah

Afegãos procuram sobreviventes após as inundações que causaram centenas de mortos