Última hora
This content is not available in your region

Covid-19 obriga Europa a encerrar escolas

euronews_icons_loading
Covid-19 obriga Europa a encerrar escolas
Direitos de autor  Petr David Josek/Copyright 2020 The Associated Press. All rights reserved
Tamanho do texto Aa Aa

A Alemanha juntou-se à crescente lista de regiões e países, como Portugal, e anunciou o encerramento de escolas e creches. Nas próximas semanas, os professores tentarão manter as aulas através da internet, mas os representantes dos professores dizem que isso não será fácil.

"Acredito que as escolas na Alemanha estão equipadas de modo muito diferente. Temos escolas que não têm WiFi e temos escolas que estão muito bem equipadas", refere o presidente da Federação alemã de Professores, Heinz-Peter Meidinger.

Em França, as crianças tiveram, esta sexta-feira, o último dia de escola antes do encerramento das aulas na segunda-feira. A medida foi bem recebida pelos pais.

"Há um risco. Deveríamos tê-lo feito há algumas semanas, olhando para a experiência de outros países. Creio que é um pouco tarde demais", refere um encarregado de educação.

Em França, foram já implementadas várias medidas para conter a pandemia do novo coronavírus. Com a vida condicionada, para alguns franceses é uma questão de aceitação estóica.

Por toda a Europa, o Governos estão a tomar medidas cada vez mais restritivas. Por exemplo, na República Checa, os bares e os restaurantes terão de encerrar 20h00.

Os controlos policiais, como este na fronteira entre a Eslováquia e a Áustria estão a ser implementados um pouco por toda a União Europeia.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.