Última hora
This content is not available in your region

Mercados franceses em risco

euronews_icons_loading
Mercados franceses em risco
Direitos de autor  AFP
Tamanho do texto Aa Aa

Os mercados dos arredores de Paris estão praticamente vazios.

Os franceses podem sair de casa para comprar comida mas os comerciantes do mercado de Montreuil temem pelo negócio porque não têm garantias para os próximos tempos. Dizem que vai ser preciso esperar para perceber como vai correr o negócio."Porque as pessoas fizeram muitas compras há 2, 3 dias e agora estão em casa e só vão voltar no fim-de-semana”.

No chão dos mercados estão assinaladas as posições que cada cliente deve ocupar para respeitar as distâncias imposta pelo plano de contenção do coronavírus. Os comerciantes garantem que as pessoas não respeitam a medida.

Com os cidadãos em isolamento social obrigatório todos os negócios estão em risco.

Adrien Goncalves é vendedor de peixe no mercado parisiense de Barbès. Acredita que muitos portos vão começar a fechar. “Vamos vender o peixe que conseguirmos e esperar para ver o que acontece na próxima semana. Se a situação continuar como está vai ser muito difícil e vai ser preciso fechar”.

O governo criou formulários para serem preenchidos por qualquer pessoa que queira sair de casa. Comprar bens essenciais, como comida, é um dos motivos aceites pelas autoridades.

Quem for apanhado em falta pode ser multada até 135 euros.