Portugal dentro de portas

Portugal dentro de portas
Direitos de autor Euronews
Direitos de autor Euronews
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Centros urbanos portugueses esvaziam-se após declaração de estado de emergência, numa altura em que se aproxima a barreira de 800 casos confirmados.

PUBLICIDADE

É, em circunstâncias normais, uma das zonas mais movimentadas de Lisboa. Mas não quando acabou de ser declarado o estado de emergência. Um Cais do Sodré irreconhecível tem por detrás um agravamento do contexto em Portugal.

A Direção-Geral da Saúde (DGS) dava conta, esta quinta-feira, de 785 casos confirmados, quase 4800 suspeitos e três vítimas mortais . Os balanços sucedem-se, mas para muitos o confinamento não é uma opção.

"Trabalho nos Correios, não fecham. Sou empregada de limpeza, tenho de vir todos os dias. O carteiro já lá está. A vida é assim", contava-nos uma transeunte.

"Viemos à procura daquilo ritmo de vida português e espanhol: bares e restaurantes, tudo cheio. Mas, neste momento, não há nada. Fomos à Praça do Comércio: está vazia", dizia-nos um turista alemão.

Até agora apenas 3 pessoas em Portugal recuperaram totalmente da Covid-19, segundo os dados oficiais. A DGS sublinha a evolução lenta da doença, sendo que a alta é dada após dois testes negativos em 15 dias.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Marcelo otimista pela união dos portugueses contra a Covid-19

Taxa turística de dormida em Lisboa vai duplicar

Luís Montenegro atingido com tinta verde durante uma ação de campanha