Última hora
This content is not available in your region

COVID-19 mata mais 655 pessoas em Espanha

euronews_icons_loading
COVID-19 mata mais 655 pessoas em Espanha
Direitos de autor  Mariscal/AP
Tamanho do texto Aa Aa

Mais 655 mortos, em Espanha, nas últimas 24 horas. São já mais de quatro mil as mortes relacionadas com a COVID-19. Apesar da gravidade destes números, é a primeira vez na semana que há um abrandamento no número de óbitos - menos 83 que ontem.

Segundo os dados divulgados pelo Ministério da Saúde, o país conta agora mais de 56 mil casos de infeção, incluindo 3700 pessoas internadas nas unidades de cuidados intensivos e sete mil recuperados.

Para Fernando Simón, diretor do Centro de Coordenação de Emergências Sanitárias, as medidas restritivas estão a ter um efeito na contenção dos números. "O número de novos casos continua a subir, mas as medidas estão a ter impacto na evolução da epidemia", disse.

O governo espanhol anunciou ainda que os testes rápidos adquiridos à China, parte de um pacote de 432 milhões de euros, são imprecisos.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.