Última hora
This content is not available in your region

Espanha volta a registar mais de 900 mortes em 24 horas

euronews_icons_loading
Espanha volta a registar mais de 900 mortes em 24 horas
Direitos de autor  AP Photo/Santi Palacios
Tamanho do texto Aa Aa

Pelo segundo dia consecutivo, a Espanha registou mais de 900 vítimas mortais do coronavírus num período de 24 horas.

Ainda assim, os 932 mortos anunciados esta sexta-feira representam uma ligeira descida em relação ao nefasto recorde de 950 vítimas mortais da véspera.

Com mais de 117.000 infetados, o país ultrapassava pela primeira vez, durante a manhã, o número total de contaminações registadas em Itália, embora o ritmo de aumento dos novos casos esteja a reduzir progressivamente há dez dias.

De acordo com os dados, o aumento no número de casos é de 7 por cento, comparado com ontem, confirmando a tendência de redução. E chegamos à mesma conclusão quando analisamos os dados das pessoas hospitalizadas e em cuidados intensivos.
María José Sierra
Centro de Coordenação de Alertas e Emergências Sanitárias

De acordo com o jornal El País, um em cada cinco espanhóis diz ter estado em contacto próximo com uma pessoa infetada. A informação é baseada numa grande sondagem, de acordo com a qual mais de metade da população acredita que o governo em Madrid devia ter feito mais para tentar controlar a pandemia.