Última hora
This content is not available in your region

Alemanha diz ter o vírus cada vez mais controlado

Alemanha diz ter o vírus cada vez mais controlado
Direitos de autor  AP
Tamanho do texto Aa Aa

Uma história de sucesso e um vírus cada vez mais controlado. Pelo menos é isso que o governo alemão quer fazer crer. Berlim considera que um mês depois de terem sido impostas as restrições para travar contágios, a epidemia na Alemanha está cada vez mais dominada.

De acordo com o ministro da Saúde alemão, Jens Sphn, as medidas adotadas provaram ser eficazes.

"O surto ficou controlável e ainda mais controlável, novamente. Dados muito encorajadores indicam que desde o dia 12 de abril assistimos a pessoas a recuperarem do que ser infetadas. Contabilizamos mais de 80 mil recuperações de um total de 130 mil casos registados, segundo o Instituto Robert Koch", declarou o ministro.

Spahn rejeita a ideia de tornar obrigatório o uso de máscaras no espaço público. Argumenta que é mais pertinente fazer um apelo ao sentido de responsabilidade das pessoas.

"O risco do uso de máscara é maior do que não usar. Claro que tem que ser muito bem lavada com a temperatura adequada. Mas também tem que ser retirada de uma forma em que o risco de infeção seja diminuto (...) Se não forem usadas apropriadamente, mesmo as máscaras diárias, tendem a ser perigosas e por isso temos todos que aprender - e digo isto por experiência própria - o uso correto de máscaras", explicou.

Apesar da satisfação, o governo está preocupado com o facto de mais e mais profissionais de saúde estarem infetados com a Covid-19. Houve um aumento de seis por cento, em relação à semana anterior, diz o Instituto Robert Koch.