Última hora
This content is not available in your region

Sintomas atípicos em crianças alertam vários países

euronews_icons_loading
Sintomas atípicos em crianças alertam vários países
Direitos de autor  Martin Rickett/PA Wire
Tamanho do texto Aa Aa

No Reino Unido, Itália e Espanha está a ser pedido aos médicos que estejam atentos a crianças com sintomas atípicos em relação à Covid-19.

A Associação de Pediatras de Cuidados Intensivos britânica alerta mesmo para o aparente aumento no número de crianças, no caso italiano menores de nove anos, a darem entrada nos hospitais do pais apresentando um estado inflamatório multissistémico que requer cuidados intensivos. Sintomas semelhantes à síndrome de choque tóxico e à doença de Kawasaki.

Como são poucos os menores que dão positivo no teste à Covid-19, por todo o mundo, ou quando são portadoras da doença os sintomas são residuais e raramente as crianças chegam a um estado crítico, como explica Russell Viner, presidente do Colégio Real de Pediatria e Saúde Infantil do Reino Unido, procuram-se respostas.

O número de crianças que apresentam estes sintomas não é, pelo menos para já, expressivo, ainda assim, as autoridades destes países mostram alguma preocupação até porque está a estudar-se se esta infeção está relacionada com a Covid-19.

Em Itália houve mesmo um aumento invulgar no número de pacientes que apresentam sintomas da doença de Kawasaki, entre eles algumas crianças que deram positivo no teste ao novo coronavírus.