Casa Branca obriga ao uso de máscara na Ala Oeste

Casa Branca obriga ao uso de máscara na Ala Oeste
Direitos de autor Alex Brandon/Copyright 2020 The Associated Press. All rights reserved.
De  Rodrigo Barbosa com AP / AFP
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Administração Trump recomenda testes a residentes e trabalhadores de lares, um dia depois de estudo revelar que mais de metade das mortes em 14 Estados ocorreram em instituições de assistência a idosos e incapacitados

PUBLICIDADE

A Casa Branca ordenou a todos os que acedem à Ala Oeste - edifício que abriga os escritórios do presidente dos Estados Unidos - que usem máscaras ou outro tipo de proteção facial. 

A diretiva, instituida depois de dois colaboradores da adminstração terem testado positivo ao coronavírus, não se aplica a Donald Trump que, na conferência de imprensa desta segunda-feira, se justificou dizendo que se tem mantido "afastado de todos os outros".

A administração Trump recomendou que os cerca de um milhão de residentes e trabalhadores de lares sejam testados nas próximas duas semanas, um dia depois de um estudo da ONG Kayser Family Foundation ter indicado que mais de metade das mortes em 14 Estados ocorreram nas instituições de assistência a idosos e descapacitados.

Para expandir as capacidades de teste do nosso país, anuncio que a minha administração vai enviar mil milhões de dólares para os Estados, territórios e tribos norte-americanas. Isso foi aprovado, está feito e o dinheiro está de saída.
Donald Trump
presidente dos Estados Unidos

Segundo os números compilados pela Associated Press, há registo de mais de 27.000 mortes em lares nos Estados Unidos, cerca de um terço das mais de 80.000 mortes atribuídas à Covid-19 em território norte-americano.

O país conta com mais de 1,34 milhões de casos confirmados, segundo a Universidade John Hopkins.

Outras fontes • The Guardian

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Câmara dos Representantes aprova prolongamento orçamental

Joe Biden recebe Ursula von der Leyen e Charles Michel na Casa Branca

EUA: líder dos Proud Boys condenado a 17 anos de prisão