EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

OMS acusa tabaqueiras de seduzirem os jovens

Bangalore, Índia
Bangalore, Índia Direitos de autor Aijaz Rahi/ASSOCIATED PRESS
Direitos de autor Aijaz Rahi/ASSOCIATED PRESS
De  Teresa Bizarro
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A Organização Mundial de Saúde de que há 44 milhões de adolescentes entre os 13 e os 15 anos que hoje fumam tabaco

PUBLICIDADE

A Organização Mundial de Saúde diz que as crianças são um alvo das tabaqueiras e escolheu este como o mote para a campanha do Dia Mundial Sem Tabaco. As imagens de crianças a fumar foram espalhadas nas redes sociais.

O Diretor do departamento de promoção da saúde da OMS, diz que hoje "44 milhões de jovens" entre os 13 e os 15 anos fumam. Número que não inclui os utilizadores de cigarros electrónicos. Somados, representam uma epidemia nalguns países como a Polónia, onde 23% dos menores usam cigarros eletrónicos.

Para a OMS, este é o resultado de uma campanha desenhada à medida dos mais novos. Ruediger Krech, sublkinha que existem "15 mil sabores" nos cigarros eletrónicos, "muitos feitos à medida dos mais novos, como o sabor a gelado de baunilha, pastilha elástica ou cereja. Não são sabores para fumadores," diz.

Longe vão os tempos em que fumar estava associado a um estatuto social elevado e projetava uma imagem de sofisticação. As mensagens são agora mais subliminares. Mas a Organização Mundial ed Saúde apela à denúncia das estratégias das Tabaqueiras.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Covid-19: "Culpar é a pior coisa que podemos fazer", diz OMS sobre jovens

Investigadores procuram solução para covid-19 no tabaco

Campanha contra tabaco nos jardins de Paris