Última hora
This content is not available in your region

Europa sai à rua contra o racismo

euronews_icons_loading
Europa sai à rua contra o racismo
Direitos de autor  AP Photo
Tamanho do texto Aa Aa

Na Europa, viveu-se este sábado mais um dia de manifestações contra o racismo e contra a violência policial, em solidariedade com os protestos nos Estados Unidos depois da morte de George Floyd.

Em Londres, o protesto foi antecipado para sexta, devido a uma contramanifestação de extrema-direita marcada para sábado. Mesmo assim, apareceram manifestantes antirracismo. A polícia viu-se obrigada a separar os dois grupos, mas não conseguiu evitar alguns confrontos. As autoridades tinham proibido os protestos, devido à pandemia, o que acabou ignorado.

Na Suíça, o movimento Black Lives Matter levou para a rua centenas de pessoas em várias cidades, como Zurique, Berna, Luzerna ou Lausana. Tal como tem acontecido no país, os protestos foram pacíficos e a polícia não teve muito trabalho.

Em Praga, na República Checa, os manifestantes marcharam em direção à embaixada norte-americana. O protesto foi organizado pela comunidade americana em Praga e contou com a participação de grupos locais, sobretudo ligados à esquerda.